Categorias
Arte e Cultura Comportamento Roteiro Barato

Roteiro Barato : 3° Festival do Japão – R.S.

Não encontrei tempo de escrever sobre este assunto no sábado e a ideia era que o povo de Porto Alegre se animasse para participar do evento, pois durou dois dias (16 e 17 de agosto). =(

Fico muito feliz quando a internet consegue proporcionar coisas interessantes, como foi o caso da notícia deste evento. Provavelmente algum amigo curtiu e apareceu na minha timeline. Não lembro qual amigo/a, mas deixo meu agradecimento registrado neste post! \o/

festival do JapãoAtenção! Nos dois próximos parágrafos vou falar um pouco sobre meu contato com a cultura japonesa. Talvez não seja interessante para muitas pessoas, pois vou falar de assuntos extremamente nerds que fizeram/fazem parte da minha vida. Para quem quiser saber um pouco mais, vou deixar alguns temas linkados nas palavras. Sintam-se a vontade para pesquisar um pouco mais ou pular esta parte e ir direto para os detalhes do evento. 😉

Categorias
Comportamento Desabafo Barato

Desabafo barato: Perdendo a fé na humanidade

Tenho uma certa dificuldade para lidar com morte e talvez você pense “a maioria de nós também tem, oras!”. No meu caso, tenho dificuldade de assimilar a morte até mesmo de pessoas que não conheço. Seja uma figura pública, conhecido, parente ou de gente que nunca vi na vida. Sempre fico impressionada. Acredito que exista muitas pessoas como eu.

Quando morreu o Chorão eu me pronunciei sobre o quanto as pessoas são maldosas e sem respeito algum com a morte de figuras públicas. Ontem vi comentários maldosos sobre a morte do Robin Williams e hoje sobre o acidente aéreo com o jatinho de Eduardo Campos. Não me contive e tive que correr para o desabafo.

Como é que pode alguém desejar a morte do outro como quem dá um simples bom dia? Gente! Estamos falando de seres humanos. Independente de ser presidente ou presidenciável, quem são vocês para julgar quem deve morrer ou quem deve viver? Quem são vocês para julgar se a pessoa merece morrer por uma besteira que falou anos atrás? Cara, vocês são um bando de incoerentes! Isso me fez lembrar que algumas dessas pessoas são as mesmas que de vez em quando postam links do tipo “10 atitudes para recuperar a sua fé na humanidade”. São essas que também fazem a gente perder a fé quando postam merda.

Aí você diz assim pra mim: “Deixa de mimimi e dá unfollow que tá tudo certo!”. Não tem nada certo, pessoal. O meu unfollow é uma reação perante uma ação que eu não gostaria de ter visto. Eu sei que o mundo está cheio de pessoas com atitudes que eu não gostaria de ver, mas poxa… Desejar a morte de alguém é algo muito forte. Fico pensando se as pessoas falam sem pensar, por impulso ou se são ruins assim mesmo. Meu unfollow não vai mudar a sensação ruim que o desejo dessas pessoas me causou.

Não me considero a pessoa mais coerente do mundo, mas busco um equilíbrio interno e também com as pessoas ao meu redor constantemente. Gosto de estar cercada de pessoas do bem. A vida é daora, mas muito louca, perturbadora e cheia de surpresas (boas e ruins). Vamos ser mais leves, pensar mais antes de falar, e desejar mais coisas boas do que ruins.

Sabe o que eu acho que está faltando no mundo? Respeito! Eu vivo trabalhando uma teoria dentro da minha cabeça de que muitos dos problemas que temos é causado pela falta de respeito. Talvez seja tema para algum outro desabafo… =/

 

 

Categorias
Design

Tô na chuva, mas não quero me molhar!

Eu amo os dias chuvosos, mas só se for para não sair de casa. Adoro dormir com o barulho de chuva, ficar debaixo das cobertas, mas se eu tiver que ir para a rua, a história muda completamente…

Alguns dos motivos:

1º Não tenho carro e preciso lidar com a falta de respeito dos motoristas que passam a todo vapor pela poças na rua e molham quem está na calçada;

Categorias
Desabafo Barato

Desabafo barato: 6 anos de uma amizade especial <3

Parece apenas mais um dia do amigo, mas hoje faz 6 anos que uma amizade mudou a minha vida completamente.

No dia 20 de julho de 2008 eu estava em uma festa da DDK com a minha irmã quando conheci o gaúcho que promoveu grande parte dessa mudança.

Depois dessa noite vivi consecutivamente os 3 finais de semana mais loucos da minha vida ao lado de pessoas que tenho orgulho de dizer que são meus amigos até hoje. E verdade seja dita: eu curti cada segundo daquela loucura toda. E chegou o dia do gaúcho voltar para casa. Foi estranha a despedida. A gente mal se conhecia, mas parecíamos amigos de longa data.

Fui convidada a aparecer em Pelotas e quando a saudade apertou fui com toda minha cara de pau fazer a visita. Eu tinha tinha viagem marcada para Europa naquela mesma época e os planos de ficar um tempinho por lá foram para o ralo. Eu queria voltar logo e curtir o que eu estava vivendo. Eu queria me dar essa chance.

No dia 1° de janeiro de 2009 aconteceu o pedido oficial de namoro. O gaúcho foi para o Rio e passamos a virada do ano juntos em uma rave na praia.

namoro

Categorias
Artesanato WetCat

WetCat – Sabonetes artesanais

Dos 53.472 projetos que tenho este é mais um que finalmente está saindo do papel! \o/

Back to the past…

Sempre fui das alunas que curtia as aulas de educação artística, era a neta bordadeira e crocheteira, a metida a pintora e criei bijuterias durante alguns anos. E como vocês podem perceber não sou bem sucedida em nenhuma dessas atividades artísticas/artesanais, mas tenho paixão por tudo isso ainda.

Present days…

O sonho de todo empreendedor é que o seu negócio decole. Eu nunca tive apenas um foco na vida (falando de negócios) e sinceramente não sei até onde isso é bom ou ruim. Sei que não fico choramingando quando um projeto não dá certo. Vou logo partindo para outro. Assim nasceu a WetCat.

wetcat v3